Central de Vendas 11 3251-3962

Dimensões da Estruturação Produtiva: Ensaios de Sociologia do Trabalho

Mais informações
Autor:
Giovanni Alves (veja mais livros deste autor)
Editora:
PRAXIS(veja mais livros desta editora)

Produto indisponível no momento, quer ser avisado?

Preencha os dados abaixo para ser avisado quando retornar.

Desejo receber newsletter
Produto Não Comercializado
Avalie:

"""O cerne principal dos ensaios é a discussão do novo complexo de reestruturação produtiva que atinge o mundo do trabalho nos últimos trinta anos. Para nós, o toyotismo é o “momento predominante” da reestruturação produtiva que ocorre sob a mundiali za ção do capital. Por outro lado, o caráter ensaistico do livro permite que possamos apresentar, a título de sugestão para uma investigação critica, uma série de novos elementos categoriais para a análise do complexo de reestruturação produtiva. Por ex emplo, pela primeira vez, expomos a idéia de que o complexo de reestruturação produtiva é constituído por uma tríplice dimensão, isto é, as inovações organizacionais, inovações tecnológicas e inovações sócio-metabólicas. Consideramos que são as i nova ções sócio-metabólicas que propiciam a “captura” da subjetividade do trabalho ao capital. Buscamos explicitar o que entendemos por “subjetividade”. Através da utilização do léxico freudiano, explicamos a categoria de subjetividade como sendo con stitu ída pelas instâncias psíquicas da pré-consciencia, consciência e do inconsciente. Inclusive, sugerimos o conceito de inconsciente extendido para explicar a nova densidade da “substância” psíquica alienada que surge de uma sociedade hiperfetichi zada n as condições de uma subjetividade complexa. Sob o capitalismo manipulatório, é cada vez mais importante dissecarmos as teias de controle e dominação do capital não apenas no plano político-sociológico, mas psicossocial. Apresentamos também, ne stes en saios, o conceito de sócio-metabolismo da barbárie que busca salientar as novas condições do metabolismo social do capitalismo global. Levantamos a hipótese de que é o sócio-metabolismo da barbárie que cria os pressupostos psicosociológicos d os conse ntimentos espúrios instaurados pelo capital."""

Código de barras:
9788599728109
Dimensões:
1.50cm x 14.00cm x 21.00cm
Edição:
2
Marca:
PRAXIS
Idioma:
Português
ISBN:
9788599728109
ISBN13:
9788599728109
Número de páginas:
288
Peso:
460 gramas
Encadernação:
BROCHURA